Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Informações > LNMRI > Programa de Garantia da Qualidade para as Medições de Radioatividade na Medicina Nuclear
Início do conteúdo da página

Programa de Garantia da Qualidade para as Medições de Radioatividade na Medicina Nuclear

A prática de medicina nuclear requer a injeção de fármacos marcados com radioatividade que atingem tecidos específicos doentes ou permite a visualização da gravidade da doença com técnicas modernas de obtenção de imagens. Permite também a aplicação de doses de radiação para os tecidos doentes para eliminar a doença enquanto minimiza os danos aos tecidos saudáveis. A segurança e a eficácia desses radiofármacos dependem da habilidade com que a radiofarmácia ou clínica determina com exatidão a quantidade de Atividade (que determina a dose) contida no fármaco antes da administração ao paciente. Se a Atividade administrada for insuficiente, o efeito do fármaco será ineficiente ou poderá mesmo causar uma progressão na doença; se muito maior que a recomendada poderá resultar numa dose de radiação excessiva e provavelmente a morte do paciente. Para os países que utilizam práticas de medicina nuclear é necessário que tenham implantado um programa de garantia da qualidade que assegure a exatidão das medições da Atividade dos radiofármacos. Para atingir esse objetivo cada radiofarmácia e clínica necessita ter a capacidade de calibrar seus instrumentos de medição usando fontes que possam ser rastreadas aos padrões nacionais e internacionais. No Brasil isto é feito através do estabelecimento de laboratórios de medição que interagem com o Laboratório Nacional de Metrologia das Radiações Ionizantes (LNMRI), do Instituto de Radioproteção e Dosimetria (IRD), por meio de comparações de medições. Esses laboratórios, por sua vez, fornecem serviços de calibração às radiofarmácias e clínicas (usuários finais) atuando como laboratórios regionais. Assim fica estabelecida a cadeia de rastreabilidade entre os usuários finais, os laboratórios regionais e o LNMRI, que é o laboratório Designado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO) na área das radiações ionizantes.
O programa de garantia da qualidade, iniciado em 1999, pelo Serviço de Metrologia de Radionuclídeos (SEMRA)/LNMRI, é constituído dos seguintes itens: 1. um código de prática padrão para medições rotineiras de radioatividade nas clínicas usando equipamento disponível, normalmente os calibradores de atividade de radionuclídeos cujos detectores são câmaras de ionização tipo poço; 2. um conjunto de protocolos que serão usados pelo LNMRI e laboratórios regionais para realizar testes de desempenho para avaliar as capacidades de medição de radioatividade nas radiofarmácias e clínicas; 3. estudo e entendimento dos fatores que influenciam a qualidade das medições das clínicas de maneira que procedimentos incorretos possam ser evitados.
A capacidade de medição ou o desempenho é verificado através de comparações entre os resultados obtidos pelas radiofarmácias ou clínicas e os valores de referência dos laboratórios regionais ou do LNMRI. O desempenho é avaliado em relação aos valores estabelecidos pela norma NN-3.05 da CNEN e também segundo critérios de testes de proficiência adotados pela Norma ISO 43-1.

Responsáveis: Akira Iwahara (O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. )
Antônio Eduardo de Oliveira (O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.)

registrado em:
Fim do conteúdo da página